Bob Wyatt

Bob Wyatt

bateria e prática de bandas

Atuando no Brasil desde 1981, Bob teve a oportunidade de tocar com Paulo Moura, Leni de Andrade, grupo Pau Brasil (incl. Free Jazz Festival, 1985), Joao Donato, Maurício Einhorn (incl. Free Jazz Festival, 1985), Hélio Delmiro, Nivaldo Ornellas, Chet Baker (Free Jazz Festival, 1985) Idriss Boudrioua (Free Jazz Festival, 1986), Nelson Ayres, Proveta (Nailor Azevedo) e A Banda Savana, entre outros.

Formou, em parceria com Alexandre Mihanovich, a Banda ReBop, em 1992,que realizou apresentações em SESC Paulista, no Conservatório “Dr. Carlos de Campos” de Tatuí e em casas noturnas paulistanas, entre outros lugares.

De 1999 ao 2007 foi integrante da SoundScape Bigband, inaugurada em 1999 por um grupo de músicos apaixonados pelo som das “big bands” antigas e atuais. Organizada e coordenada por Junior Galante, Maurício de Souza, e Bob Wyatt, a SoundScape é um grupo de profissionais altamente motivados pela procura de excelência musical e pelo desejo de preservar a arte e a técnica criadas pelos grandes nomes dessa forma de expressão musical.

Bob fez parte do trio de Maestro Neslon Ayres de 1999 ao 2007. As apresentações do trio incluirem destaques com a Orquestra Jazz Sinfônica de São Paulo e a Orquestra Sinfônica Cultura.

Em 2002, lecionou estilos de jazz e técnicas de improvisação no Centro de Estudos Musicais Tom Jobim, unidade Três Rios. Em 2003, Bob foi professor de Comunicação em Multimeios na PUC-SP. Durante 2004 foi orientador artístico no Centro de Educação Unficada, unidades Rosa da China e Perus.

Desde 2003, Bob é integrante do corpo docente na Escola Superior da Música (Faculdades Cantareira) onde coordena a área de MPB, MIB e Jazz, a prática musical e o ensino de bateria. Também faz parte do corpo docente da Faculdade Souza Lima onde leciona bateria e prática de grupo.

Apresenta-se regularmente com TriUnity Jazz Trio, o quarteto de Djalma Lima e o trio, Regra de Três

Sua carreira nos EUA

Sua vida profissional iniciou-se aos 13 anos com um conjunto que tocava em festas de casamento e bailes. A partir dos 14 anos começou a participar de uma “big band” patrocinada por um clube local. Em 1967, ingressou na Marinha dos EUA. Durante seu período de serviço, estudou na Armed Forces School of Music, na base de Little Creek, Virginia.

Depois de várias tournées, incluindo visitas as ilhas do Caribe e aos países mediterrâneos, regressou para os EUA em 1970 quando havia completado seu serviço militar. Matriculou-se na Memphis State University em 1971 e ganhou uma bolsa de estudo do Departamento de Musica. Naquela época, participou de festivais regionais de jazz de bandas universitárias. Foi premiado em 1973 no American College Jazz Festival, um festival nacional, realizado no John F. Kennedy Center for the Performing Arts em Washington, DC, pelo melhor desempenho no instrumento.

A partir de 1972 atuou como palestrista e professor nos seminários e cursos patrocinados pelo NAJE (a associação nacional dos educadores envolvidos no ensino do jazz e nas técnicas de tocar em “big bands”).

Fez parte de equipes que incluirem músicos, tais como: Clark Terry, Gary Burton, Frank Wess, Frank Foster e Bill Watrous.

Em 1976 fez uma tournée com a banda de Maynard Ferguson que incluiu 20 estados americanos e 11 cidades no Japão.

Em 1979 mudou-se para New York onde atuou em conjuntos de jazz que tocavam na noite novaiorquina. No verão daquele ano, estudou composição e improvisação no Creative Music Studio em Woodstock, NY, onde participou em seminários e “workshops” dirigido por Anthony Braxton, Roscoe Mitchell, Joseph Jarman, Jack DeJohnette e Carl Berger.


www.bobwyatt.net